Confederação Brasileira de Tiro Prático

Notícias

CAMPEONATO LATINO AMERICANO DE HANDGUN 2019 - BUENOS AIRES - ARGENTINA

Publicado: terça, 15 de outubro de 2019, 08h:09m | Última Atualização: terça, 15 de outubro de 2019, 08h:45m
COMUNICAÇÃO CBTP
CAMPEONATO LATINO AMERICANO DE HANDGUN 2019 - BUENOS AIRES - ARGENTINA

Aconteceu nos dias 07 a 13 de outubro na cidade de Buenos Aires, Argentina, o Campeonato Latino Americano de IPSC Handgun 2019, e a Confederação Brasileira de Tiro Prático (CBTP) foi representada por aproximadamente 100 atletas.

A atual gestão da CBTP, de forma justa e imparcial, selecionou um grupo de atletas, através do índice técnico alcançado nos campeonatos de Handgun do último ano (2018). Com essa forma de avaliação e seleção, conseguimos selecionar os atletas que mais se dedicaram e promoveram o Esporte através da prática. Também disponibilizou os melhores fardamentos, com material de excelente qualidade e design exclusivo da Confederação. Criamos grupos nas redes sociais para interação de diretoria, secretaria e atletas para trocas de informações, dúvidas e sugestões para que chegassem à Argentina, preparados para uma grande competição.

Depois do pré-match e cerimônia de abertura as pistas foram liberadas e os atletas tinham que ficar bem atentos as movimentações na pista. Pistas técnicas, ROs atentos ao posicionamento dos equipamentos e da saída, representatividade realmente da dificuldade de um campeonato nível IV.

A partir do segundo dia de provas do Main Match o tempo mudou em Buenos Aires, e a chuva tomou conta. Chuvas intensas e com muitos ventos, fizeram que as pistas que eram bem técnicas, se tornassem difíceis debaixo de chuva. Mas isso, não desanimou nossos atletas brasileiros.

As chuvas continuaram durante os outros dias de provas, fazendo que a organização do evento se perdesse em alguns quesitos. Pistas foram canceladas, como foi o caso da pista 02, 07 e 24, pois ficaram inundadas, outras tiveram que ser remontadas e o piso coberto com feno. O nível de água deixaram os stands com um cenário bastante complicado, piso úmido e lamacento, podendo influenciar até mesmo no resultado das provas. Mas apesar de tudo isso, nossos atletas competiram com determinação e mostraram a força que o Brasil tem no Tiro Prático e tudo ocorreu como planejado.

Durante todo o evento, alguns atletas questionaram as atuações de alguns ROs. Alguns tempos feitos na pista não batiam com os tempos que apresentavam no tablet na hora da assinatura. Causando desconforto e informações trocadas entre NROI e Comitê Organizador, sobre a utilização ou não de vídeos para conferência de tempos, o presidente da CBTP e Diretor Regional IPSC, Sr. Demetrius Oliveira, orientou que cada atleta nomeie um delegado para acompanhar a pontuação e orientou sempre conferir o tempo e pontuação antes de digitar a senha. Todavia um comprovante da pontuação deveria ter sido impresso pela organização a todos os competidos ao final de cada estágio, possibilitando conferência no verify.

Durante a cerimônia de encerramento algumas pessoas ficaram sem acomodação, e também os serviços oferecidos não foram capazes de suprir a todos.

No domingo a chuva deu uma trégua e os atletas compareceram em peso para o encerramento em grande estilo, subindo ao pódio diversas vezes com a bandeira do Brasil.

Nossos atletas brasileiros estão voltando para casa com a missão cumprida. Tivemos excelentes resultados. Na categoria Open divisão Júnior os três primeiros lugares ficaram com o Brasil, Guilherme Albuquerque, Breno Hansen e Mauro Murakami. As Damas Tamara Helena Auler, Ana Elisa Lima e Cristiane Alarcon ficaram com ouro, prata e bronze respectivamente.

Na categoria Standard damas, Vania Modesto e Thiana Elma, faturaram ouro e prata. Divisão Super Sênior Lucimar de Oliveira consagrou-se campeão.

Na categoria Production divisão Junior o brasileiro Nicolas Oechsler foi o campeão. Nas damas o primeiro lugar ficou com a Julia Lagoeiro. Super Sênior o Carlos Eduardo Bicalho levou o ouro.

Na categoria Revólver divisão Overall o atleta Rodrigo Tormem ficou com o primeiro lugar e o Juviniano Barreto ficou com o terceiro seguido do Martingo Cassio Teixeira e Silvio Barbosa na quarta posição. E na divisão Sênior o Juviniano Barreto levou a prata e o Martingo Cassio Teixeiro ficou com o bronze.

Na categoria Classic divisão Overall tivemos brasileiros na segunda posição com o Davidson Luna e Flávio Chain no terceiro lugar. Na divisão Sênior o Alex Fin levou o bronze.

Na categoria Production Optics divisão Overall o primeiro e segundo lugar foram de Felipe Sarkis e Luis Henrique Ishihara, respectivamente, e o 4º lugar ficou com Ildeu Heller. Na divisão Damas a atleta Dalia Amorin levou o ouro. Na divisão Sênior, Eurico Auler ficou com a prata.

As equipes fizeram bonito também no Latino Americano 2019. Na categoria Open a divisão Overall levou o terceiro lugar, e o Sênior ficou com a prata. Na categoria Standard a divisão Overall levou o bronze e o Sênior, a prata. Já a categoria Production a divisão Sênior, Overall e Damas faturaram o segundo lugar. Já a categoria Production Optics na divisão Overall consagrou-se campeã e na categoria Classic na divisão Overall mais um ouro pro Brasil. Também o Brasil subiu nos três lugares do pódio no Family Team, o primeiro lugar ficou com a família Igor e Breno Lima, o segundo lugar com Aristóteles e Nicolas Sansaloni e para completar o pódio em terceiro lugar Sérgio e Mauro Murakami.

O presidente da CBTP e diretor regional IPSC, Sr. Demetrius Oliveira agradeceu a todos os atletas pela dedicação e confiança. E aguarda a todos nos próximos eventos realizados pela CBTP como a VI Etapa e Final do Campeonato Brasileiro de Handgun que será realizado em Viamão e todas as competições no ano de 2020.

Confira as fotos dos nossos atletas na galeria.

CBTP parabeniza nossos heróis.